A pulsação da musica

A música sem ritmo seria como uma pessoa sem espinha dorsal. Ela desabaria.

O ritmo é quase sempre uma batida ou pulsação regular, normalmente muito fácil de ser acompanhada com os pés ou mesmo dançando.

Assim como o tique-taque do relógio, ele marca o passar do tempo.

Esta batida ou pulsar rítmico é medida em seções regulares chamados compassos.

Tipos diferentes de música têm um determinado número de tempos, ou batidas, dentro de um compasso. Isso é representado por dois números colocados no início de uma peça musical e é chamado fórmula do compasso.

O número superior indica quantos tempos há no compasso. O inferior indica a duração de cada tempo. 

A valsa tem três batidas por compasso, enquanto o Rock tem quatro batidas por compasso.

Cada país e cada cultura têm seu próprio ritimo. A música africana possui ritmos complexos críados pela mistura de vários tipos de tambor e de gongos ou palmas. 

Os ritmos africanos combinados com as tradições da música popular americana e as harmonias européias formam a base do Jazz.

A música dos nativos norte-americanos apresenta um ritmo separado para tambores e outro para os vocais.